Explicando coisas complexas de forma simples

FCONT: Plano de Contas Referencial

11/18/09 12:00 PM

[Leitor] “No tem a de informar o registo I051 (Plano Referencial) ? Se sim, informo completo, como no , ou apenas as contas relativas aos ajustes do ?”

Resposta

O  Registro I051, , é obrigatório, exceto para as pessoas jurídicas que utilizam o  regulamentado pela SUSEP (campo 02 - QUALI_PJ  - do registro M020 = “00”), que não deverão apresentar esse registro.

Somente devem ser referenciadas (registros I051) contas analíticas com natureza de conta (campo COD_NAT do registro I050) igual a:  01 (contas de ativo); 02 (contas de passivo); 03 (patrimônio líquido) e 04 (contas de resultado); portanto, não devem ser referenciadas (registro I051) as contas de compensação (COD_NAT = 05) e contas transitórias, que devem ser classificadas como de natureza 09.

O Campo 03 – COD_CCUS tem seu preenchimento obrigatório somente quando interferir na identificação do código do plano de contas referencial; ou seja, caso a vinculação com o plano de contas referencial independa de centro de custos, este somente deve ser informado no registro I100.

Somente pode ser importado em conjunto com os registros do plano de contas da empresa.

Para digitação, o bloco M deve estar preenchido. A falta do bloco M impede que o sistema identifique qual plano referencial deve ser adotado.

Embora o leiaute seja o mesmo a , o relacionamento foi alterado pela modificação da chave. Existindo mais de uma conta referencial, o campo centro de custos é obrigatório. Podem ser criados centros de custos que não existam na escrituração societária. Caso tenham sido informados centros de custos nestes registros, saldos e lançamentos deverão ter o mesmo tratamento (segregação por centro de custos quando estes forem informados nos registros I051).

Então, lembre-se que:

1. As instituições regulamentadas pelo Banco Central devem utilizar o Cosif, as regulamentadas pela Susep não precisam informar o registro e as demais devem utilizar o plano de contas referencial publicado pela do .

2. “Informar no Fcont os saldos contábeis de todas a contas em 31/12/2008 e, para os lançamentos do tipo N (Normal), lançar manualmente (ou importar arquivo texto no formato de acordo com o respectivo bloco) somente os lançamentos contábeis (partida e contra-partida) correlacionados com o RTT, isto e, somente aqueles que devem ser expurgados da base de calculo do /.”

Fonte: do FCont e Portal do